Momento Critico...

18/11/2016 15:51

     Referencia perdida...

 

    E não é que o contexto colorado LUTA para cair de divisão! Desde o final da quarta-feira,  quando a rodada iniciou, praticamente todos os resultados bons ocorreram até ontem, antes da bola rolar no Beira Rio.

    Mas ai senhoras e senhores, o Inter que só precisava fazer 1 gol e não tomar, até fez, porém acabou levando o empate e novamente não conseguiu virar, assim como já havia sido contra o Santa Cruz,  cuja partida atuou boa parte com 10 homens.

    Aprendi que a vida até te derruba, mas ela te da a chance de levantar, ao Internacional antes de cair, lhe foi concedido várias chances de se reequilibrar, se refazer, mas não quis, ontem a meu ver foi a derradeira, matematicamente ainda é possível, e, mesmo que esta troca tenha sido feita, tardiamente ou não, sem mudanças dentro do campo, e falo em nomes, e falo em mudanças radicais, comportamento, atitudes, coragem, o Inter estará sim na serie B em 2017.

    Esta queda parecia estar escrita. Quando Vitório Piffero foi eleito por maioria expressiva, fiquei sabendo que  vinha com uma meta,  queria renovar o grupo e se desfazer dos altos salários que, segundo ele, oneravam a folha de pagamento. Já no inicio de 2015 não o fez, porque o clube havia lhe dado a vaga a Libertadores, e foi justamente após o jogo contra o Tigres, naquela semi final lá no México,  que, pra mim esta queda passou a ser desenhada definitivamente. Não é preciso lembrar o time que tínhamos e o que temos agora, não há comparação.  Piffero pôs em pratica seu plano, aos poucos foi se desfazendo de jogadores importantes, até que ao final de 2015 muita gente boa havia deixado o Beira Rio. No inicio de 2016 a grande baixa, D'Alessandro, depois dele, ainda sairia Alisson.

     Notoriamente a qualidade decaiu e muito, no Gauchão 2016,  jogamos contra equipes de pouca expressão e o hexa ficou facilitado no momento em que, por um erro estratégico, o Grêmio deixou o Juventude vencer o 1º jogo da semi final. Veio o brasileiro, Argel, mesmo com o time jogando um futebol feio e de resultados magros desde de a sua chegada, seguiu no comando, num inicio avassalador, chegou até estar na ponta da tabela, mas depois decaiu, o que era visto pois o time não encaixava nunca, muito fruto das suas ideias, mas também da baixa qualidade técnica. Argel foi demitido tardiamente, veio Falcão que, assim como Roth, estava fora do mercado, e ai erro duplo, erro ao contratar um cara que estava fora do contexto, que não tinha o perfil para aquele tipo de situação que se apresentava, e erro ao demitirem com tão pouco tempo, Piffero sentindo-se acuado, sozinho (obviamente porque ele não agrega) apelou para Fernando Carvalho, este,  trouxe consigo a chamada Swat (Ibsen, Chumbinho, Roth e Beto Ferreira) , inicialmente teria dado certo não fosse a escolha do treinador, Celso Roth, também estava fora do mercado, seus últimos trabalhos já não o recomendavam e mais, o torcedor ficou totalmente contrariado e dividido, muitos como eu, adotaram a pratica de não criticar sistematicamente, mas muitos não, Roth, mesmo com toda experiência adquirida, chegou com os mesmos vícios e os mesmos defeitos, times retrancados, birra com jogadores de qualidade, treinos improdutivos, porque nunca se viu jogada ensaiada, nunca se viu muita coisa além de 11 jogadores correndo para fazer gols e depois ficando acuados, rezando para que o jogo acabasse, venceu alguns jogos, mas perdeu a maioria por isto, por covardia, por falta de ousadia, obviamente que o jogadores também tem sua parcela de culpa, também tem culpa sim Fernando Carvalho, que o trouxe o bancou até ontem, e esta é a situação. Deu tudo ERRADO, tudo!

    Ontem, mais uma vez a torcida deu seu apoio, a única coisa que não concordo é com depredação do Beira Rio,  que está lindo e não merece sentir a dor que sentiu ontem, tendo vidros, portas e grades quebradas, não será assim que iremos consertar as coisas.

    Agora, será preciso muita lucidez por parte do nosso torcedor, estamos em uma ante sala, até então desconhecida para todos nós, ao longe, sabemos que ela é escura, fria, pequena, e nos causará sim pânico por tudo isto, mas devemos estar preparados para enfrenta-la.     Para muitos, com esta mudança anunciada hoje, ainda é possível, talvez até possa, eu não sou ninguém para tirar o direito dos colorados que ainda acreditam, o que fiz aqui, foi apenas um rescaldo deste período nebuloso mas a vida seguirá, estes dirigentes atuais sairão de cena, os novos virão para 2017/2018, oxalá venham com boas ideias, pois o clube permanecerá lá na Padre Cacique para todo sempre, então seja a onde for, INTER, ESTAREMOS CONTIGO, TU ÉS MINHA PAIXÃO, NÃO IMPORTA O QUE DIGAM, SEMPRE LEVAREI COMIGO, A CAMISA VERMELHA...

Inter acima de tudo, quem crê, reze!

 

Vilmar Silva

@vilmar100 

Tópico: Momento Critico...

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário