De Volta...

18/07/2018 15:16

 A Pelaia está de volta... 

 

    O Interacional volta da parada da Copa do Mundo amanhã diante do Atlético Paranaense na Arena da Baixada. Mesmo após este pedíodo que, dividiu-se entre descanso e inter temporada, Odair não terá a sua disposição alguns dos principais jogadores do Grupo. Patrick cumprirá suspensão, Damião, D'Alessandro e Moledo seguem fora por lesão, Rithley, que assinou contrato, e que está em fase final de recuperação da cirurgia no tornozelo, também vai ter que aguardar, os recém contratados Jonatan Alvez e Martin Sarrafiori da mesma forma, estes não por lesão, e sim por condição legal de jogo. 

    Diante do que dispõe, nosso treinador optará por um tripé de volantes com Dourado, Zeca e Edenilson, formação que deu inicio a uma sequencia de bons resultados antes da parada. Particularmente entendo que, tendo um grupo numeroso, podendo utilizar também os jovens, improvisar não é legal, mas como o momento é bom, estamos voltando fora de casa, creio que Odair tenha visto nos treinamentos que esta será melhor forma de recomeçar, mesmo com o deslocamento de Zeca para a formação de meio, o time ainda assim ficará bastante ofensivo, aja vista que teremos Nico, Lucca e Potker.

    Perderemos um pouco a saída de bola pelo lado direito, afinal, Fabiano é mais afeito a linha de quatro, até sobe, mas não com a mesma qualidade de Zeca, em compensação, ganhamos altura na defesa e boa marcação pelo lado. Creio que Nico terá liberdade para flutuar entre as linhas defensivas do furacão, e Potker deverá fazer as vezes de Damião, só que devido a sua mobilidade, virá muitas vezes buscar a bola na intermediária, Lucca fará o lado. Durante estes dias, muitos treinamentos, o time já estava com bom entendimento, vai faltar ritmo, mas entrosamento não.

    Vi o Furacão contra o Cruzeiro. Obviamente que por estar jogando fora, por ser uma competição diferente, eles atuaram  de forma mais comedida, tentando sair nos contra ataques. A filosofia do antigo treinador, pelo que deu pra notar,  aos poucos está sendo retirada da forma com que o time atuar,  vi por exemplo, poucas vezes a bola ser recuada para o goleiro, situação que erra corriqueira com Diniz. 

    Será um jogo dificil, há que se estar preparado e concentrado, escanteio, bola parada, gramado, tudo pode ser inimigo, mas o Inter pode vencer tranquilamente, basta que para isto, os atletas entrem concentrados, e encarnem o espirito que venho pedindo desde que o brasileiro começou, ou seja, jogar todas as partidas como se fossem finais, cada jogo uma final UNICA, sem margem para erros, obviamente que não venceremos todas, mas se os caras entrarem com este espírito, poucas vezes seremos surpreendidos. É preciso tratar o campeonato jogo a jogo, mas para tal, há que se ter muita concentração, atenção em detalhes e nervos no lugar. Tenho ouvido vozes do Beira Rio, parece que finalmente isto está sendo praticado por lá, talvez seja o segredo deste inicio exitoso.

    Para encerrar, tenho ouvido muitos colorados, sinto como a muito não sentia, uma confiança que, ainda em 2018 o Inter possa dar a volta por cima. Vendo o cenário, da pra sonhar, muitas equipes perderam valores, agregaram, mas estes acrescimos dependem de fatores para que supram as saídas, talvez alguns clubes demorem para decolar, há outros que terão pela frente um acumulo de jogos devido as diputas de Libertadores e Copa do Brasil, porém advirto, nosso time não fará nada sózinho, mal ou bem, nossa diretoria está tentando manter os bons valores que tem, e ainda agregou e está tentando agregar mais, há os jovens da base que estão tendo oportunidades, então, nós, torcedores, apaixonados, devemos fazer nossa parte, indo ao Beira Rio, lotando-o, apoiando, comprando produtos do clube, se possível associando, fazendo nossa parte, certamente os caras darão tudo pra fazer a parte deles. Seguiremos juntos nesta Pelaia!

 

#VamoInter

 

Vilmar Silva

@vilmar100