FLA X FLU...

06/04/2015 14:02

  3x0 Sem Reparos...

 

    Hoje, mais uma vez assisti a um clássico em que não havia, de minha parte, nenhum envolvimento emocional. Na primeira vez, vi Flamengo 2x1 Vasco, o jogo do temporal. Hoje, vi o clássico Fla x Flu. Goleadas em clássico são coisas raras. Afinal, os times jogam pela vitória, mas também para não serem derrotados, muitas vezes os meios-de-campo e defesas vencem os ataques e as vitórias ocorrem pelo placar mínimo. Não foi o caso de hoje.

    O jogo iniciou parelho até começar a ingrata participação do goleiro tricolor, Diego Cavalieri. O primeiro gol rubro-negro foi de Jonas, após vencer um “pé-de-ferro” na intermediária  tricolor e chutar pra onde apontava o nariz. Golaço. Detalhe: o goleiro Diego Cavalieri estava no lance mas, mal posicionado.

    Antes do fim do primeiro tempo, o coroamento da participação do centroavante Fred (em tarde, que lembrou seus melhores momentos na Copa 2014), simula uma falta, ou exagera na queda e é expulso (já tinha um amarelo). Fim da linha pro Fred.

    Vem o segundo tempo e começa o passeio rubro-negro. Com um domínio de campo, que nunca foi ameaçado, o segundo gol era questão de tempo. E veio. De quem? Alecsandro, oras. Aquele que ao final, ao ser questionado por um repórter sobre o lance termina de forma brilhantemente humilde: “Foi um gol inteligente meu.” Em um contrataque, ao ameaçar cruzar a bola para o outro jogador melhor posicionado, Cavalieri “dá seu lado” e Alecsandro dá um biquinho fazendo o segundo.

    Depois disso, “se foi o boi com a corda” para os tricolores cariocas. Ou, “a vaca caminhou solene para o brejo.”

Ao final do jogo, em mais um contrataque, iniciado com um lançamento do Pará (hein? Como?) para o Alecsandro – de mais uma grande atuação, pelo menos sempre que eu vejo ele joga bem. Será que merece Seleção? Que cruza para o gol de Mateus Sávio encerrar o jogo.

3x0. Sem reparos.

 

Ulisses B. dos Santos

@prof_colorado.