Ser Ídolo não é pra qualquer um...

01/12/2017 17:09

 Muito ÍDOLO...

 

    A história dos clubes de futebol é contruida por pessoas. Dirigentes, profissionais da area esportiva, atletas e torcedores, com o passar do tempo, vão escrevendo página por página, e nada, mas nada apaga. São capítulos dos mais diversos contornos, períodos de glória, de neutralidade, de vexame, todos vão sendo colocados ali, um a um. E como em toda história, os expoentes vão aparecendo, seus nomes ficam grifados, de maneira que dependendo da situação, são e serão lembrados com mais facilidade, mesmo que passe um século. A eles, costumamos dar o apelido de Ídolos. Estes, são forjados pela filosofia dos seus clubes, pelas suas caracteristicas, pelo comportamento dos profissionais do dia-dia, do torcedor. Cada clube tem o Ídolo que merece. Ídolos não se auto proclamam, eles são escolhidos, colocados no caminho das entidades, e com o tempo, eles se mostram, não há como forçar-se a Ídolo, este personagem é semelhante a um líder. A liderança nasce com o sujeito, ele não aprende, é um Dom.

    Geralmente, Ídolos se solidificam com conquistas, com vitórias, mas nem sempre é assim, o Ídolo é um lider, um condutor de sonhos e realidade em tempo real, é capaz de ter serenidade  no peíodo de neutralidade, ser grande na derrota, e agigantar-se na vitória.

    Ídolo, é aquele que sabe o que representa para o seu povo, mas conhece muito mais o sentimento dos que não o idolatram, e mesmo assim, não os renega jamais. Ídolo é postural, atencioso com todos, passiente, irriqueto, irresignado, mas jamais desrespeitoso.

    Cada vez que vejo alguém tentando se tornar Ídolo pelo lado avesso, lembro daqueles que, aqui no RS, deram e dão exemplo de como ser um Ídolo de fato e de direito. Mas há diferenças, e ai entra o que falei, cada clube tem o Ídolo que forja e que merece.

    Depois de tudo que vimos e ouvimos nos ultimos dias, não há como não lembrar de Fernandão, um cara que sempre soube respeitar a todos, e quando falo todos, é no sentido amplo da palavra, e olha que nos futebol, é sempre muito dificil, sempre pode haver algum deslize, mas com ele, nunca. Sempre que você quiser exemplificar um Ídolo, lembre deste nome: FERNANDO LUCIO DA COSTA. Infelizmente, nem os bons ensinamentos que ele deixou aqui, tão pertinho, foram suficientes para o aprendizado de alguns. Por esta amostragem, precisarão mais do que conquistas para forjarem um Ídolo de fato e de direito. Sigam tentando, nós tivemos e temos Ídolos, fomos e somos felizes por isto. Nada nos separou, nada vai nos separar, não serão palavras soltas ao vento, por um "nada",  que vai nos diminuir. Nosso tamanho, soubemos,  o RS, o Brasil, a América, o Mundo sabe!

 

Vilmar Silva

@vilmar100